Portaria n.º 21264 | vinhos estado cobrança comércio

Ministério da Economia - Secretaria de Estado do Comércio - Comissão de Coordenação Económica
Sábado 1 de Maio de 1965
96/65 SÉRIE I ( páginas 624 a 624 )
Download pdf oficial - Portaria n.º 21264

Portaria n.º 21264
Em conformidade com a alínea, a) do artigo 16.º do Decreto n.º 27977, de 19 de Agosto de 1937, e por força do Decreto-Lei n.º 26317, de 30 de Janeiro de 1936, sem prejuízo dos regimes especiais estabelecidos para os vinhos verdes e para os vinhos engarrafados, respectivamente pelos Decretos-Leis n.os 45675 e 45717, de 23 de Abril e 16 de Maio de 1964:

Manda o Governo da República Portuguesa, pelo Secretário de Estado do Comércio, o seguinte:

1.º É fixada em $05 por litro a taxa referida no Decreto-Lei n.º 26317, de 30 de Janeiro de 1936, a aplicar, durante o ano de 1965, sobre os vinhos e seus derivados.

2.º A taxa aplicar-se-á na área da região demarcada do Dão apenas sobre os retalhistas, e a sua cobrança, quanto aos vinhos expedidos para fora daquela área, será efectuada nos termos do artigo 7.º do Decreto-Lei n.º 26317.

3.º O rendimento presumível da cobrança prevista na última parte do número anterior será acordado pela Junta Nacional do Vinho e pela Federação dos Vinicultores do Dão e entregue a esta, deduzidas as despesas de cobrança e outras legítimas.

§ único. Na falta de acordo, a Comissão de Coordenação Económica determinará o rendimento, com base nos elementos fornecidos pelos citados organismos.

4.º Continuam isentos, na cidade do Porto e no entreposto de Gaia, os vinhos de pasto da região dos vinhos generosos do Douro.

Secretaria de Estado do Comércio, 1 de Maio de 1965. - O Secretário de Estado do Comércio, Fernando Manuel Alves Machado.

Se acha interessante o diploma
"Portaria n.º 21264 "
partilhe-o no Facebook e Twitter